Início Destaque Discentes apresentam artigo retratando vida e feitos do padre Aldo Lucchetta

Discentes apresentam artigo retratando vida e feitos do padre Aldo Lucchetta

0

No último dia 22 de dezembro cinco discentes do Centro Universitário Inta apresentaram no Colégio Monteiro Lobato, em Palmas de Monte Alto, um artigo em homenagem ao padre Aldo Lucchetta.

Elaborado por Andréa dos Santos Pereira, Daiane da Silva Santos, Gabriela da Silva Cardoso, Jaine Rodrigues das Neves, e Marina da Conceição Gomes dos santos, o trabalho se desenvolveu em torno de narrativa autobiográfica sobre o padre italiano, trazendo com detalhes depoimentos que relata perseguições, conflitos políticos e exemplo da humanidade do sacerdote.

Para a montagem do trabalho recorreu-se a pesquisa, coletas de dados, entrevistas, conversas informais com a população adulta e idosa. Procurou-se contar a história de um padre revolucionário, que não mediu esforços para ajudar os menos favorecidos “os pobres”. Entre os seus feitos contribuiu e incentivou a realização de várias obras em prol do bem comum, desde saúde, educação, cooperativas, sindicatos, rádio, casa, vida e outras, principalmente em Riacho de Santana.

Não deixando de expor que em outras cidades por onde passou também incentivou inúmeras obras sociais. Um homem de uma personalidade forte, que jamais concordou com injustiças e violências. Italiano de origem, mas passou maior parte de sua vida em terras brasileiras entre 1967-1998.

Chegando ao Brasil em um momento de ditadura militar, procurou coincidir em pregar um evangelho libertador para que as pessoas tomassem conhecimento da situação caótica em que viviam, incentivando a lutar por seus direitos, foi líder de vários movimentos de manifestações sendo acusado de baderneiro e ameaçador da ordem pública, pelo qual gerou várias perseguições, torturas e ameaças, mas o padre jamais se calou dizia ele que já havia entregado sua vida a Deus e se tivesse que falecer, morreria defendendo a justiça.

Conforme Jaine Rodrigues foram dias de estudos, noites em claro, dedicação e esforços para elaboração do artigo.

“Concluímos que esse estudo precisa ser divulgado em homenagem ao Padre, como um reconhecimento por suas obras que tanto beneficiou a população marginalizada e ainda continua beneficiando até os dias atuais. Contudo também possuímos o intuito de oferecer um suporte para estudos posteriores”,  finaliza Jaine.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui