Carinhanhense morre em confronto com a polícia de Jequié

Um carinhanhense de 28 anos morreu durante um confronto com homens da Companhia Independente da Polícia Especializada (CIPE Central), na tarde da última terça-feira, 26 de setembro, por volta das 16h45, na Rua Cacezeiro,no Loteamento Vila Aeroporto, em Jequié, no Sudoeste da Bahia.

Conforme informação do CIPE, Fernando de Souza Santos (Tetéu) foi morto no momento que os policiais  tentavam cumprir um mandado de prisão preventiva em desfavor do traficante Miguel Almeida dos Santos 25 anos, por homicídio e tráfico de drogas.

Ao portal Folha do Vale, os policiais informaram que foram surpreendidos com disparos de arma de fogo ao chegar no local. Eles fecharam o cerco contra os homens e imediatamente repeliu com disparos para conter os criminosos. Os homens foram socorridos, más não resistiram aos ferimentos.

Segundo informações da polícia, na residência dos indivíduos foram encontrados 11 tabletes de maconha, 63 pinos de cocaína, cerca de 2.000 pinos vazios e utilizados para embalar cocaína, uma balança de precisão, uma máquina de cartão de crédito e dois revólveres sendo um calibre 38, com três munições intactas e três deflagradas e um calibre 32, com três munições intactas e três deflagradas. Coincidência ou não, o nome de Tetéu é o primeiro de uma lista que circula nas redes sociais, com nome de pessoas supostamente marcadas para morrer. A lista circula desde que Juliano Lacerda Monte Alto, foi morto em Carinhanha, no dia 18 de setembro.

De acordo com a polícia, Tetéu era acusado de ter participado da morte Cristóvão Rivelino Cruz de Souza de 26 anos (Lorin),em março de 2015, no bairro São Francisco.

Redação www folhadovale.net

Deixe um comentário