Um menino, de 10 anos, morreu após ser picado por um escorpião, na zona rural de Patis, no Norte de Minas. Gustavo Rodrigues Sousa estava internado na Santa Casa de Montes Claros e faleceu na tarde dessa quarta-feira (9).

Segundo familiares, o incidente aconteceu na última terça-feira (8) quando Gustavo brincava na casa de um primo.

“Ele brincou durante o dia e, à noite, reclamou de dor na mão e começou a tossir. Ninguém viu o escorpião. O pessoal achou que era até pneumonia por causa da tosse”, disse Welson Pereira, primo da mãe do menino.

Na madrugada de quarta, a família levou a criança de carro para a Santa Casa de Montes Claros. A distância entre as duas cidades é de 100 km.

De acordo com a assessoria da Santa Casa, o menino morreu por volta das 13h17 após sofrer três paradas cardiorrespiratórias. O hospital confirmou que ele recebeu soro antiescorpiônico. Consta no atestado de óbito que a causa da morte foi ‘choque cardiogênico e escorpionismo’.

Gustavo morava com a mãe, a avó e o irmão, na Vila Castelo Branco, em Montes Claros. Ele está sendo velado em casa.

“Era um menino muito brincalhão, cheio de amigos, vivia rodeado de crianças, estudioso e cruzeirense. Vai deixar saudades. Uma criança de 10 anos tem a vida toda pela frente. Ninguém imagina que isso vai acontecer, ninguém espera. Foi um choque”, lamentou o primo.

Por Paula Alves, G1 Grande Minas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui